Reflexões

Bom dia!!!!!!!!!!!!!!

Como vão vocês? Eu estou um pouco triste, pois minha amiga Luluzinha está deixando a blogosfera...mas sei que ela está fazendo isso para ter mais tempo de correr atrás de seus sonhos. Por isso, torço para que ela seja muito feliz!!!

Hoje é dia de pesagem do Desafio Anual, portanto, meninas, não deixem de enviar o novo peso de vocês! Estava lendo o último post da Gi e ela disse que poucas meninas enviaram e-mail com a pesagem...espero que vocês não tenham desistido!!!

Mudando de assunto, hoje de manhã estava assistindo ao programa da Oprah (é uma apresentadora norte americana muito conhecida, seu programa passa na tv a cabo, na GNT) e vi uma história que me fez parar para pensar. Era a história de um casal, que já estavam casados há um bom tempo, tinham, se não me engano, duas filhas e viviam bem, até que a mulher começou a engordar.

O marido simplesmente não aceitou a nova forma física da mulher...ele a humilhava diante das filhas e de qualquer outra pessoa. A chamava de gorda e dizia a todos que não sentia mais atração pela mulher. Pior, ele cantava outras mulheres, na maior cara de pau e não se importava se isso magoava a mulher.

E a mulher aceitava tudo, tentava emagrecer e não conseguia. Esse casal foi ao programa há alguns anos atrás e, na época, a Oprah perguntou à mulher se valia a pena continuar com alguém que não a aceitava da forma que ela era. A mulher disse que queria continuar com o amrido, mesmo diante de tantas humihações, pois, segundo ela, não conseguiria nada melhor na vida!

Depois que o programa foi exibido, a mulher engordou mais 23 quilos e descobriu que o marido a traía.

Seis meses depois eles se divorciaram. A mulher ficou arrasada, mas querendo ser um bom exemplo para suas filhas, ela resolveu mudar de vida. Começou a praticar esportes e conseguiu emagrecer uns 40 quilos!
Hoje está feliz e casada com um homem que a aceita como ela é.

Ela disse que só conseguiu emagrecer depois que parou de se fazer de vítima e de culpar o ex-marido pelos seus problemas.

Ao ver o programa fiquei pensando em várias coisas: em primeiro lugar, agradeci a Deus por não ter um companheiro assim, que te puxa pra baixo quando mais precisa. Mas também fiquei pensando em auto-estima e em quanto ela é importante , não somente durante o processo de emagrecimento, mas para a vida toda.

O que fez essa mulher achar que não merecia algo melhor? Que ela não seria capaz de ser amada por ser quem era?

Me identifiquei com ela...fiquei pensando nas vezes que deixei de fazer várias coisas, por medo, por não me achar merecedora...quantas vezes deixei de sair de casa por ter vergonha de mim mesma; quantas vezes deixei que me ferissem com palavras e xingamentos, por me sentir tão pra baixo, ao ponto de concordar com o que as pessoas me diziam...quantas vezes deixei de fazer coisas, por não ser magra o suficiente... quantas vezes usei meu peso como desculpa para não viver a vida...

Hoje consigo enxergar o que estava fazendo comigo e o quanto eu mesma me feri e me magoei...eu, assim como essa mulher, não acreditava em mim mesma, não me achava bonita o suficiente, não me sentia merecedora de carinho e do amor de ninguém...culpava as pessoas, enquanto a verdadeira culpada era eu...

Quanto tempo eu perdi chorando por algo que eu mesma criei! E que só eu posso mudar!

Graças a Deus, estou compreendendo melhor como fui parar onde me encontro hoje. Estou me conhecendo melhor e me aceitando do jetinho que sou...Hoje consigo me olhar no espelho e me sentir bela...Hoje consigo lidar melhor com meu peso...Hoje consigo perceber que mereço apenas o melhor! E estou correndo atrás do melhor que a vida tem para me oferecer!!

Hoje sei que eu posso ser feliz! Que eu QUERO ser feliz!!!

Tenham uma ótima terça-feira!!!



PS.: Desculpem pelo post gigantesco!!

bjos

12 comentários:

Anna disse...

ai flor nem me fale, ontem chorei lendo a ultima psotagem dela, me identifico com as pessoas e crio amizade msm e me doi ver qdo uma sai... quantas vezes ganhei força dela , me vi em cada palavra...
msm a gente seguindo em email, a tristeza ontem tomou conta ....
vamos nós em frente né flor, sei q ela não vai desistir apenas teve problemas com o tempo né
bjim flor

Marcela disse...

oiem a gente vai deixando de viver pq não se aceita né, eu já fiz muito isso, hj vivo a minha vida bem melhor,não esquecer de si mesmo é fundamental..
bjus

Cíntia disse...

Querida...adorei o seu post de hj...

Que história de vida dessa mulher que foi na Oprah, hein...

Mas é o que vc disse...o amor próprio está em 1º lugar...

Só nos amando, iremos conseguir dar passos para frente...sem nos sentirmos ameaçadas...

Vamos com tudo nessa semana...nos amando a cada dia mais...tenho certeza que no final dessa batalha...sairemos vitoriosas...

:)

Bjus!

αnα disse...

eu já passei por isso com um namorado, não nessa proporção, na verdade só no quesito de mesmo não estarmos bem tanto ele como eu nao terminavamos com medo de não encontrar alguém melhor. mas depois q terminei com o fdp conheci um homem maravilhoso com o qual estou casada até hj, e meu ex só passando de mão em mão mas nao desejo mal a ele, mas temos q nos amar mais e deixar quem não nos quer bem, BEMMMM longe.
bjsss

Pat disse...

Oi amiga. É isso mesmo! acho que a beleza é uma coisa que vem de dentro. Se nos mesmas n conseguimos nos enxergar como uma benção de Deus, perceber que somos únicas e podemos conquistar tudo aquilo que desejamos, não há auto-estima que aguente.

Que bom que está se conhecendo melhor. É isso que importa. E o resto. Bem, é o resto!

Bjãooo

@ugust@ disse...

. Não deixa a amiga deixar a blogosfera não, olha o que ela pode proporcionar: Hoje postei mais de 50 fotos do encontro com mais quatro amigas blogueiras ontem em SP, no shopping eldorado, se tiver um tempinho e curiosidade passa no blog.
. Beijinhos mil.
. Excelente tarde.
. Fique com DEUS.

Cátia disse...

Oi querida...é mesmo uma historia em que se deve pensar...essa mulher esperou muito...! Mas como ela, existem muitas e eu infelizmente também era uma delas...graças a Deus que abrimos os olhos...somos todas umas vitoriosas :) Beijo grande*

Dric@ disse...

Que gigantesco o que??? Maravilhoso ler suas palavras.
Graças a Deus tb tenho um companheiro que soube respeitar o meu momento e me ajudou na caminhada.
Bj grande e tenha um bom dia.

Emagrecendo com Penelope disse...

Bela historia dessa mulher, o fato dela nao se aceitar como era, jogava a culpa no companheiro, nao emagrecia por causa dele, e ate aceitava as humilhações dele, foi preciso se separarem para poder perder 40 kilos,
Temos sorte amiga de termos companheiros que nos elevam, porque ficar com um cara bola murcha desses que nos coloca para baixo ninguem merece.
beijokas

OUTRO RUMO disse...

OLá Linda,

Que bom que acordamos a tempo de viver nossa vida e paramos de assistir a vida passar e agora somos os protagonistas e donos da nossa jornada..

Beijos

Fer disse...

que caso heim amiga...

fala sério....

a gente tem que estar ao lado de alguem que aceita a gente como a gente é...

mas que bom que essa pessoa deu a volta por cima... como nós estamos dando também!!!

beijos e adoro vc

Zana disse...

incrível como muitas vezes nos anulamos, por conta de outros né?
ainda bem que há luz no fim do tùnel.
beijocas

Copyright @ Revelações | Floral Day theme designed by SimplyWP | Bloggerized by GirlyBlogger